Facebook
0800 643 2499
 SMS 27800  

Notícias

Aumento na tarifa de energia não afeta consumidores da Cerbranorte



“A Celesc teve um aumento na tarifa de energia em Santa Catarina, de quase 13% para consumidores residenciais e de 15 a 18% para consumidores industriais, mas este reajuste será repassado apenas para os consumidores da Celesc. Não é o nosso caso. Tivemos uma redução média de 18% na tarifa e é isso que vale”, explica a gerente comercial da Cerbranorte Deise Faust Vieira.
Ainda de acordo com a gerente comercial, as recentes mudanças na tarifa de energia podem afetar os custos internos da cooperativa, porém, isso não será repassado para o consumidor. Quanto à redução de 18%, anunciada no dia 22 de julho, o consumidor poderá percebê-la por completo a partir da fatura do mês de agosto. “O desconto é proporcional, ou seja, até o dia 18 ainda foi cobrado o valor antigo e a energia consumida depois do dia 19 foi faturada com a redução. Dessa forma, as faturas de julho, emitidas depois do dia 19 e as faturas de agosto emitidas até o dia 19, apresentarão um preço médio no valor da tarifa de energia”, afirma.
O desconto de 18% se mantém até o final de setembro, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) divulgará o valor do reajuste. “Acreditamos que, se houver aumento, ele de forma alguma irá superar o desconto recebido. Ou seja, depois de setembro o consumidor continuará com a tarifa menor do que a cobrada a um mês atrás”, afirma o Eng. da Cerbranorte Fábio Mouro. 17/09/2013