Facebook
0800 643 2499
 SMS 27800  

Notícias

EQUIPE ESPECIALIZADA EM PODA INICIA TRABALHOS EM RIO FORTUNA



O verão está chegando e com ele vem as fortes chuvas e tempestades de final de tarde. Além de todo o prejuízo que os temporais podem causar, tanto para os consumidores como para a cooperativa, há também os riscos de choque elétrico, e por isso a cooperativa alerta: mantenha a poda das árvores em dia e jamais plante-as próximas da rede elétrica. A distância mínima indicada é de 20 metros. 


Atualmente a Cerbranorte conta com duas equipes especializadas na poda de árvores próxima da rede elétrica, que trabalham intensamente nos dois municípios de abrangência da cooperativa. Conforme o engenheiro Fábio Mouro, esse serviço é indispensável para garantir a continuidade no fornecimento, principalmente nas áreas rurais. “Sempre realizamos esse tipo de serviço, porém com o aumento da demanda nos vimos obrigados a terceirizar o setor da roçada para melhor eficácia. Nossa maior preocupação é com Rio Fortuna, onde os índices de vegetação próxima das redes elétricas são ainda maiores. O eucalipto, por exemplo, é uma das vegetações mais comuns em nossa região quando tratamos de ocorrências com árvores na rede.” complementa Fábio.


     

Para se ter uma base do quão grande são os impactos causados por árvores em contato com a rede, em  junho de 2020 a região sul foi atingida por um ciclone, deixando inúmeros municípios sem energia. Os estragos contabilizados pela Cerbranorte chegaram a R$200 mil apenas para os reparos causados nesse evento, além disso, o temporal acabou afetando o fornecimento para mais de 10 mil pessoas. Em Braço do Norte o tempo médio para o restabelecimento foi de 12 horas, já em Rio Fortuna, algumas localidades do interior ficaram até 3 dias sem energia, e isso tudo por conta das plantações que não respeitam as indicações de distanciamento.


      

Hoje temos uma legislação específica, a Lei Ordinária nº 17.588, de 30 de outubro de 2018, que estabelece os limites para plantio de árvores exóticas e nativas:  Art. 1º A faixa de segurança mínima para o plantio de árvores exóticas e outras de grande porte junto às redes de distribuição de energia elétrica é de 30 (trinta) metros, (15 metros de cada lado, a partir do eixo central) para espécies folhosas, e de 15 (quinze) metros (7,5 metros de cada lado, a partir do eixo central) para espécies coníferas. Confira na íntegra a LEI ORDINÁRIA Nº17.88 . Antes que árvores sejam plantadas próximas a rede, é importante verificar os limites na legislação.


Para fazer a poda destas árvores próximas ao sistema de distribuição, é preciso entrar em contato com quem entende do assunto. Para solicitar, basta entrar em contato com o setor de atendimento ao consumidor no 0800 643 2499. O serviço é gratuito e é realizado de acordo com os procedimentos de segurança necessários.

 
26/11/2020