Clique-para-ampliar
Sonho cada vez mais próximo da realidade
Clique-para-ampliar

Foi alagada, no último dia 20 de julho, a barragem da Pequena Central Hidrelétrica Capivari, construída pela Cerbranorte em parceria com a Urbano Agroindustrial. Agora, serão, aproximadamente, dois meses de testes pela frente para, enfim, começar a gerar.
E se antes o sol era desejado para que a obra pudesse ser concluída, agora o desejo é que chova para que o processo de alague seja completamente concluído. “A água ainda não passou por cima do vertedouro, o que se deu em virtude da pouca chuva dos últimos dias. Além disso, o rio estava abaixo do seu nível normal. Isso não é um problema, até porque já estamos realizando testes, mas esperamos que em breve a água possa vazar para que possamos fazer a limpeza do canal e fazer os devidos testes nessa parte”, explica o representante da Urbano Agroindustrial, Adam Franzner.
“É a realização de um sonho. Muitos duvidaram, mas está aí, prestes a começar a gerar energia. Sem dúvida é um momento de muita felicidade para todos”, afirma o presidente Antonio José da Silva, o Toninho.
Segurança garantida
De acordo com o engenheiro responsável, não há motivos para se preocupar quanto a segurança da obra. “Pessoal de São Martinho pode ficar tranquilo porque foi muito bem feita. Podem colocar a cabeça no travesseiro e dormir tranquilos”, garante.
Cabe destacar ainda que existe um plano emergencial em caso de catástrofe. A apresentação deste plano, inclusive, é exigida pela Lei 12.334/2010 e pela Resolução Normativa 696/2015 antes da finalização da obra. O documento tem, aproximadamente, 500 páginas e os termos são bastante técnicos, conforme as exigências, mas, caso alguém tenha interesse em obter mais informações, basta entrar em contato com a Cerbranorte através do nosso telefone: (48) 3658 2499.